Cartagena – A Paraty colombiana

27/03/2015
ruas de cartagena
Ruazinhas de Cartagena

Somos do tipo de casal que gosta de viajar muito mais pelo climinha que a cidade possa nos oferecer do que pelas suas atrações em si. E foi por isso que decidimos ir pra Cartagena. Se você já foi pra Paraty provavelmente vai entender o que estou dizendo. Cartagena é assim… Ruas cheias de lojinhas (a maioria sofisticadas, com preços salgados), restaurantes super charmosos e hotéis que dá vontade de conhecer um por um.

A cidade foi fundada em 1533 pelos espanhóis, que a fortificaram para proteger dos piratas suas mercadorias que saíam daquele porto – considerado o principal da América Espanhola na época. Hoje a parte da cidade amuralhada é tombada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Passamos apenas dois dias, e apesar de corrido deu pra curtir tudo. É passear sem pressa pelas ruazinhas, comer uma arepa, tomar uma paleta e a noite sentar ao ar livre – é uma cidade abafada – e tomar uma cerveja antes de ir curtir uma salsa.

centro de cartagena
Muita cor, muito movimento!

O que fazer em Cartagena

Das turísticas há o Convento de Santa Cruz de La Popa, o Castillo San Felipe de Bajaras – que era um forte na época – e os outros bairros da cidade (como Little Miami).

Matamos todos esses de uma vez com o passeio de Chiva. Há as praias que ficam cerca de 1h de distância. Fomos à playa blanca. Mas o mais gostoso de Cartagena são os barzinhos ao ar livre, os restaurantes, e sorvetes. Por falar em comida, a colombiana vale um post à parte.

Santa Cruz de La Popa
Convento Santa Cruz de La Popa
Forte em Cartagena
Forte em Cartagena tem bastante história

Mala ou mochila? Como ficamos só 3 dias na Colômbia e chegaríamos na segunda-feira direto pra trabalhar, preferimos não despachar as malas. Logo, fomos de mochila e uma mala pequena de rodinha. E é o suficiente. Você não precisa levar roupas arrumadas, lá é um clima de praia, bem tranquilo, e Bogotá, como toda capital, tem de tudo.

Ah, uma observação – a diferença de Cartagena e Paraty: na cidade colombiana você consegue andar pela rua sem torcer o pé.

Pesa no bolso? Os preços são bem parecidos com os de São Paulo. O que nos impressionou foi o valor do câmbio. Achamos que iriamos encontrar 1 real para 0,9 pesos (lá tudo é vezes 1000, então seria 900 pesos), mas a melhor cotação foi 1 para 750, o que acabou saindo mais caro do que planejávamos.

Onde dormimos? Preferimos ficar na cidade amuralhada, já que gostamos de caminhar à noite pra escolher na hora onde tomar uma cerveja, jantar. Dentro da cidade amuralhada tudo é perto, então não importa muito a localização do seu hotel lá dentro. Nosso hotel foi o Patio de La Cruz, com um preço OK por ser lá dentro e pagamos 270.000 pesos por 2 noites.

ceviche em cartagena
Cevicheria em Cartagena vale a pena
Na Brancato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *