Conheça Bruxelas, sede da união europeia

30/04/2015
Ruas de Bruxelas
Nessa foto dá pra ver mais ou menos como Bruxelas é uma cidade limpa

Bruxelas é uma cidade organizada, limpa e muito agradável. Funciona muito bem, até porque é a capital do euro e onde acontecem muitas das reuniões econômicas do continente. Agora, as pessoas… bem, as pessoas… nem todas são agradáveis e pode haver algum estresse se você der azar de encontrar um mal-humorado, metido ou como quiser. Mas, o que fazer em Bruxelas?

Além de ser conhecida mundialmente por possuir chocolates incríveis e as melhores cervejas, é também conhecida dos fãs de desenhos em quadrinhos. Lembra do Tintim? Pois é, ele é belga e foi homenageado com um museu em Bruxelas. Para quem gosta de desenho animado, não deixe de visitar também a livraria dentro do museu.

Museu do Tintim
Museu do Tintim é bem interativo

O Grand Palace, onde fica a praça principal da cidade, reúne milhares de turistas, restaurantes, bares e prédios com uma arquitetura diferenciada. Alguns são banhados até a ouro. É realmente um lugar muito bonito. Vale a pena passar uma tarde ali pela região.

grand palace em Bruxelas
Edifício Grand Palace, com detalhes ricos em ouro
Manneken Pis
Esta é a grande escultura de Manneken Pis. Tava até fantasiado quando o visitamos

Outro ponto turístico muito falado de lá é a escultura Manneken Pis, que é uma estátua de um garoto mijando. É uma forma irônica de dizer que aquele lugar necessita de água potável. Mas olha, não vá achando que encontrará uma estátua de tamanho real ou coisa parecida. Pelo menos pra gente foi um pouco decepcionante. Tanta gente fala dessa escultura e chegamos lá e vimos um negócio de 60 cm e muitos turistas em volta.

É lá em Bruxelas que está o Parlamento Europeu. É aberto ao público e você pode conhecer a história do Euro, desde sua criação. São várias salas interativas e algumas escuras. Só não vá dormir, que nem eu, enquanto “assiste” a alguma explicação.

Parlamento Europeu
Edifício do Parlamento Europeu

E sobre as comidas? A cidade tem ótimos restaurantes, mas tudo fecha muito cedo. Se quiser jantar depois das 23h, vai ter alguma dificuldade e só vai encontrar no hotel. E cuidado com a arrogância dos garçons. Lá, a cultura é de rotatividade. Então, eles não querem que você peça as coisas aos poucos ou tome uma cervejinha sem pressa antes de comer.

Tivemos um problema num restaurante simplesmente porque pedimos uma cerveja e uma pequena entrada antes de escolher o prato principal. Alguns lugares meio que te obrigam a pedir tudo de uma vez. O garçom fica lá no pé da sua mesa até pedir tudo. Não fomos bem tratados em um restaurante, o cara foi completamente grosseiro ao ponto de jogar o bloco de anotações na mesa.

Ruas em Bruxelas
Bruxelas possui muitos restaurantes bons

Bruxelas é, também, um antro de lojinhas de souvenires. Se quiser presentear as pessoas, pode ter certeza que vai encontrar várias coisas. Trouxemos alguns copinhos de shot, que nos custaram de 6 a 8 euros cada.

souvenir em bruxelas
Souvenir é o que não falta na Bélgica

Mala ou Mochila? Mala. Com ótima infraestrutura, você pode tranquilamente andar de mala pelas ruas e metrôs da cidade.

Pesa no bolso? Um pouco, né? A moeda é o Euro e, para nós brasileiros, sempre é um pouco salgado. Os lugares têm preços um pouco excessivos.

Onde ficamos? Nos hospedamos no hotel NH Brussels City Centre. O hotel é ótimo, tem boa localização e boas avaliações no Booking. O café da manhã é muito bem servido e, se você tiver sorte, pode ter um frigobar todinho de graça pra você. Único ponto negativo fica para um dos recepcionistas do hotel. Pedimos um jantar que estava no cardápio e, simplesmente, não quis servir. Insistimos e rolou um estresse. Cena de filme mesmo, o cara ficou transtornado e jogou todos os objetos de uma mesa para o chão. Cara maluco! Mas, fora isso, o hotel é muito bom e, também, bem carinho. Por 3 diárias pagamos 210 euros.

Mateus Carvalho²

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *