Montevidéu em 48h, dá?

30/08/2016
Por Mateus Carvalho²

Às vezes você fica imaginando viagens paradisíacas do outro lado do Mundo, praia com águas cristalinas, ou cidadezinhas históricas no meio da Europa. Mas você já parou pra pensar que os habitantes do lado de lá também sonham em visitar lugares da América do Sul, como Montevidéu – Uruguai? Tomar um bom vinho, experimentar o chimarrão, comer carnes e mais carnes. E porque nós não aproveitamos tudo isso também? Melhor ainda, é aqui do lado, dá para ir em um fim de semana sim! É um passeio diferente, que se programado com antecedência e encontrando passagens em promoção sai quase o mesmo preço de um fim de semana agitado em São Paulo.

montevidéu - uruguai
Vista aérea de Montevidéu

Partimos na sexta-feira à noite e segunda-feira de manhã desembarcamos em Guarulhos, direto para o trabalho. Sábado amanheceu chovendo e só nos restou conhecer o Mercado Agrícola de Montevidéu, que é um lugar para quem quer comprar carnes nobres, peixes, verduras, frutas e afins. É um mercadão mesmo. Pra gente, o que valeu mesmo foi sentar na choperia Mastra e passar algumas horas ali abrindo o apetite.

Feito isso e sem muitas possibilidades de andar pela antiga Montevidéu, fomos almoçar no restaurante Peliccer, lá no Mercado mesmo. Pedimos um prato de picanha – bem servido por sinal – acompanhado de fritas, morcilla e chorizo. Muito gostoso, mas estava com a expectativa lá em cima. Ainda esperava mais. Gastamos 850 pesos (R$ 96) pelos três pratos. Isso, graças ao desconto de 22% que recebemos por pagar no cartão de crédito. Isso é muito bom. Sem o desconto, ficaria em 1.037 pesos. Todos os restaurantes e algumas lojas de roupas dão o desconto, oferecido pelo Governo, aos turistas que usam cartão de crédito.

montevidéu - uruguai
Choperia Mastra, muitas cervejas artesanais
montevidéu - uruguai
Servido ou não? Dá-lhe picanha, chorizo e morcilla

Sentimos à noite de sábado meio paradona, talvez porque era feriado no Uruguai no fim de semana que estávamos lá. Fomos ao bar Demodé, que tem um clima retrô e também serve diversas cervejas artesanais. Ele fica na rua Boulevard España, onde dizem ser repleto de bar, mas não sei onde, hein? Andamos quase a avenida inteira e vi no máximo uns 4, 5. A porção que comemos lá foi a Gramajo, uma batata frita misturada com 210 coisas. Vem presunto, ovo, queijo, pimentão, cebola roxa e talvez outras coisas que não identificamos.

montevidéu - uruguai
Bar Demodé

Passado o dia de chuva, domingo tínhamos que tirar o atraso e conhecer o que a gente tinha planejado. Começamos pelo mirante, que fica na principal avenida de Montevidéu, a 18 de Julho. Lá você tem uma vista em 360 graus da cidade. Em seguida voltamos andando até a Praça Independência, só pra dizer que passamos por ali mesmo, né? Nada demais.

O Mercado del Puerto é, talvez, o lugar mais procurado por quem visita Montevidéu. É lá que os turistas costumam passar o dia e almoçar a famosa parrillada uruguaya, pra nós o churrasco. Lá também tem algumas lojinhas pra comprar o delicioso doce de leite e souvenires. Nós não almoçamos lá, até porque é um pouco mais caro que os restaurantes de bairro. Mas vá lá, sente-se na cervejaria Patagonia, tome uma breja de qualidade e depois vá almoçar.

montevidéu - uruguai
Mercado del Puerto

Para comer a parrillada, sugerimos o restaurante Parada del Sur, que fica na rua Paraguay. Ela cruza a 18 de julho. Lá, pedimos um entrecot e uma costela, acompanhados sempre das fritas. De sobremesa mandamos um flan com doce de leite (delícia) e um mousse também de doce de leite. São duas coisas que você não pode deixar de provar no Uruguai: parrillada e doce de leite, bom demais.

Pra finalizar o domingão, jogo do Peñarol! Longe pra cacete, mas o futebol sempre vale a pena mesmo que a qualidade dos jogadores seja baixa. Mas essa parte a gente deixa pra contar depois.

montevidéu - uruguai
Restaurantezinho muito gostoso – Parada del Sur
montevidéu - uruguai
Da-lhe Peñarol

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *