Atravessando fronteiras no Oriente Médio

01/06/2016

Por Na Brancato

Fomos do Egito para a Jordânia por terra. E logo vem a cara de espanto “Vocês atravessaram a fronteira do Egito a pé?”. Pode parecer meio fantasioso atravessar fronteiras de países do Oriente Médio, mas no geral foi bem tranquilo, se Israel não tivesse no meio.

Se você não for de avião, há duas opções de fazer essa rota: ou por terra, ou de ferry boat. Por terra você parte da cidade de Taba (que fica a duas horas de Dahab). Por mar, você parte da cidade de Nuewba (a mesma distância de Dahab) e a travessia dura 45 minutos. Apesar de essa última parecer mais fácil, lemos vários relatos que o ferry é muito desorganizado e pode demorar 3 horas para embarcar e 3 para desembarcar. Isso quando eles não resolvem cancelar.

Porém, a vantagem dessa passagem direta é que você não fica com o seu passaporte “marcado” por ter entrado em Israel. Explico: por terra, você vai do Egito para a Jordânia, passando rapidamente pelo país que está no meio dos dois: Israel. E o carimbo de Israel faz com que você tenha a entrada negada a alguns países árabes. Questões antigas, ultrapassadas, religiosas, xenofóbicas (dos dois lados), etc.

Por terra a travessia foi tranquila. Pegamos um ônibus de Dahab para Taba (2h30) por 45libras. A rodoviária fica do lado da fronteira e dá para ir a pé. Demos tchau para o Egito esperando que ele e nós tivéssemos tempos melhores.
Aí chegou Israel. Entramos na fronteira de Israel e começou a sabatina: porque está viajando no Oriente Médio, como conheci meu namorado, o que fui fazer no Líbano, qual a minha religião, por que não vou ficar em Israel….senta lá na cadeira e espera.

Quer saber o desfecho dessa história? Assiste aqui o vídeo!

ps- Se você que está lendo conseguiu fazer o percurso por barco, conta aqui pra gente!


Edição: Carolina Giocondo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *