Como chegar em Israel por terra ou pelo aeroporto

30/03/2017
Mateus Carvalho²

Quem pensa em fazer uma viagem para Israel já tem que ir sabendo que a imigração por lá é um tanto quanto chata. Se você tiver um carimbo de entrada e saída do Líbano, então, prepare-se para uma mini investigação. Já entramos em Israel por terra, na fronteira com o Egito, e também pelo aeroporto Internacional de Ben Gurion, distante 20 km de Tel Aviv.

Mas por que eles são tão chatos na imigração? Pra eles faz muito sentido e não é à toa que são considerados um dos países mais seguros do mundo. Israel é uma terra próxima de conflitos e  não muito bem quista pelos seus vizinhos árabes. Não é todo mundo que passa por uma, duas ou três sabatinas na imigração, mas você pode ser o escolhido. Fizemos um resuminho das duas formas de entrada no país pra você já ir preparado.

As melhores dicas que podemos dar são: seja firme nas suas respostas, não minta em hipótese nenhuma e leve documentos que comprovem sua estadia e passagem de volta. Ah! Brasileiros não precisam de visto.

Entrando em Israel por terra

viagem para Israel
Entrando na fronteira entre Taba e Eilat, em Israel

Saímos do Egito com destino a Jordânia, mas no meio dos dois está Israel. É obrigatório passar por lá. Pegamos um busão da cidade de Dahab, no Egito, e fomos para Taba, cidade também egípcia que faz fronteira com Eilat, Israel. A vantagem de entrar em Israel por Eilat é que eles não carimbam o seu passaporte. O carimbo de Israel pode fazer com que você tenha a entrada negada em alguns países árabes.

Chegamos na fronteira e éramos os primeiros da fila. Começou a canseira, meia hora no guichê com perguntas do tipo: porque está viajando no Oriente Médio, como conheci minha namorada, o que fui fazer no Líbano, qual a minha religião, por que não ficamos em Israel… umas 2 ou 3 vezes cada pergunta dessa. Bastou? Não, depois de responder tudo várias vezes, me mandou esperar para falar com o chefe da polícia.

Depois de um chá de cadeira, lá fui eu responder novamente as mesmas perguntas para o chefe. Tudo respondido, mas senta lá e espera agora uma investigadora falar com você. Fui falar com ela e simplesmente me senti investigado. Vasculhou todo meu celular, fez de novo as mesmas perguntas e só depois dessa fase eu fui liberado.

Tempo total na imigração por terra: 3 horas. Eu entendi que isso tudo aconteceu porque tinha o carimbo do Líbano no passaporte. Entendo, os dois países têm tretas históricas e isso é um motivo para você ser considerado suspeito.

viagem para Israel
Saída de Eilat é muito mais tranquila

Entrando em Israel pelo aeroporto

No aeroporto Bem Gurion a coisa foi mais tranquila, ainda um pouco chata, mas eu estava preparado. Fomos direto ao guichê da imigração e, novamente, me mandaram entrar numa sala e esperar. Até aqui tinha sido tranquilo, poucas perguntas, e com certeza me mandaram esperar pelo fato de ter ido ao Líbano.

Esperei uns 10 minutos e alguém me chamou, já bravo! MR. CARVALHO! Lá fui eu pra sabatina, perguntas repetidas e o cara da imigração de cara fechada, dizendo que sabia tudo da minha vida, que não tava entendendo porque eu estava voltando pra Israel. Até eu explicar, uns 10 minutos, mas depois foi tranquilo.

Faz parte da rotina deles, escolher alguns imigrantes por dia para uma verificação mais rígida. Não fique com medo se você for escolhido, você só deu azar e perderá mais tempo na imigração.

Depois da imigração, sair do aeroporto é muito fácil. Você escolhe: táxi, vans e trem, com certeza a forma mais barata. O trecho até o centro de Tel Aviv custa 16 shekels (U$ 4,50) e o sistema é muito moderno. Na máquina você já deve escolher a estação de destino e o horário exato que vai embarcar.

De lá você consegue se deslocar para várias partes do país, inclusive para Jerusalém. O acesso ao trem fica no terminal 3 do aeroporto.

Temos um vídeo que resume nossa passagem pela imigração em Eilat, por terra:

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *