Petra, uma das 7 maravilhas do mundo moderno. Vale a visita?

10/08/2015
petra paredão de rochas
Minúsculos ao lado das rochas de 80 metros
Por Mateus Carvalho²

Antes de visitar a Jordânia não sabia absolutamente nada sobre o país. E aí comecei a pesquisar, onde ir, o que visitar, eis que descobri Petra, uma das 7 maravilhas do mundo moderno. O lugar tem muitas rochas esculpidas feitas no tempo dos Nebateus, lá pelo século 3 antes de Cristo, mas só foi descoberta no ano de 1.812 por um explorador suíço. Petra é muito conhecida também por ter sido cenário do filme Indiana Jones. Foi uma cidade importante deste povo (originário da Arábia Saudita) já que era rota entre o mundo árabe, Índia, China, Turquia, Grécia e Roma.

Mas antes de descrever o lugar, preciso falar do abuso quanto ao preço estipulado para conhecer Petra, um absurdo! A moeda jordaniana é mais cara que o dólar, então imagina só. Você paga 50 dinars, estamos em dois, pagamos 100 dinars. Sabe quanto dá isso? Simplesmente 141 dólares. É muita coisa pra conhecer um lugar histórico. Detalhe: os jordanianos pagam apenas 1 dinar pra entrar.

São duas opções: você pode ir de dia, das 6h30 às 18h, e conhecer tudo por esse valor ou então ir ao Petra by Night, que vai das 20h30 às 22h30, e você só pode chegar até o Tesouro (imagem mais famosa de Petra). À noite custa 17 dinars (24 dólares) e é diferente, ilumiado com velas e parece que tem uma apresentação musical. Se for mais louco, pode escolher 2 dias por 55 dinars (77 dólares).

Depois de muita discussão (vamos, não vamos? de dia ou de noite? mas é caro pra ver um monte de rocha, vai estar um calor do inferno…) decidimos pagar esse absurdo. Não posso passar a vida sem conhecer as maravilhas do mundo e, além disso, nunca mais voltarei para Jordânia.

petra corredor
Corredor de rochas em Petra

Logo no começo você já é devorado por 200 beduínos oferecendo camelo, burro, cavalo até a “porta de entrada” de Petra. Eles dizem que está incluso no ticket, mas eu dúvido. Chegando lá devem pedir gorgeta, e vamos utilizar as pernas, né? No início já fomos surpreendidos por um grande corredor formado por rochas imensas e que nos proporcionaram momentos agradáveis de sombra e vento.

A minha maior curiosidade era chegar até o Tesouro, que foi construído para ser o túmulo de um rei nebateu. O caminho até ali é curto, em uns 25 minutos você chega e pode ver essa linda rocha esculpida. É realmente uma obra de arte, com uma cor meio rosada e muito bem conservado. É o cartão-postal de Petra.

petra tesouro
Tesouro de Petra

Mais pra frente nos deparamos com o teatro romano, que dizem que tinha capacidade para 7 mil pessoas. Eu curto muito esses teatros, fico imaginando uns shows rolando ali nos tempos de hoje. Seria maravilhoso. Ali por perto também tem as tumbas dos nebateus. Na verdade são cavernas e a curiosidade é: como naquele tempo eles faziam essas construções, com cortes perfeitos e no meio das pedras? como?

teatro romano em petra
Teatro romano
petra cavernas
As cavernas de Petra com cortes muito bem feitos

Por último, tínhamos que chegar até o monastério. Uma árdua caminhada, em subida, 800 degraus e que no final das contas demora 1 hora. E que decepção. Talvez porque já tinha visto o tesouro e pra mim ali era o ponto mais alto de Petra. Andei, andei, andei e vi um monastério bem conservado, bonito, mas que nem podia entrar. Não vale a pena o esforço.

petra monastério
Monastério de Petra

Eu curti conhecer Petra, mas eu fico consufo na questão se vale a pena ou não. Talvez valha mais a pena ir à noite, acho que já estaria de bom tamanho. E isso por conta do custo/benefício. É um monumento maravilhoso, sim, mas 50 dinars é muito dinheiro para nós que estamos fazendo uma viagem com contas baixas.

Para conhecer Petra nós escolhemos ficar na cidade de Wadi Musa, que fica nos arredores. Fomos a pé até lá e demoramos só 20 minutos. Existem alguns hotéis colados com a entrada de Petra, mas os preços são mais caros. O bom de ficar em Wadi Musa é que você pode aproveitar o centrinho à noite para comer. Bebida nem pensar, conseguimos achar apenas o Cave Bar com cerveja.

Mala ou Mochila? Mochila. Um dia é suficiente para conhecer Petra, a não ser que queira visitá-la de dia e de noite. Além disso, 1 semana na Jordânia é mais do que suficiente.

Pesa no bolso? Muito. Tudo em Petra e Wadi Musa é muito caro. Senti que eles queriam ganhar em cima de tudo de alguma forma. Pra economizar na refeição, peça shawarma.

Onde ficamos? Seven Wonders Hotel. Apesar do wi-fi ruim, recomendamos o hotel. Fica próximo do centrinho de Wadi Musa e 20 minutos a pé de Petra. Pagamos 30 dólares por noite.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *